Lideranças da Frentas debatem temas preocupantes para as carreiras

Typography

O presidente da AMB, Jayme de Oliveira, participou da reunião da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas), na sede da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Na ocasião, as lideranças trataram sobre temas que preocupam as carreiras, como o cenário da perda inflacionária dos subsídios e da pauta de julgamento das ações que versam sobre a ajuda de custo para moradia no Supremo Tribunal Federal (STF). Na reunião foi deliberada a possível realização de mobilização por Estados, com foco na recomposição de subsídios, abuso de autoridade e crime de violação de prerrogativas de advogado.

Jayme de Oliveira informou aos presentes que as estratégias de atuação que estão sendo avaliadas pela Frentas serão apresentadas durante as reuniões da próxima semana – 27 e 28 de fevereiro – com os Conselhos e Coordenadorias da AMB. Para o dirigente, é necessário submeter as sugestões da Frente Associativa à diretoria da entidade e aos presidentes das associações regionais.

Pela AMB, também participaram da reunião a vice-presidente Institucional e presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj), Renata Gil; a vice-presidente de Direitos Humanos e presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Tocantins (Asmeto), Julianne Marques; o presidente da Associação dos Magistrados do Mato Grosso do Sul (Amamsul), Fernando Cury; e o presidente da Associação dosMagistrados do Distrito Federal e Territórios (Amagis-DF), Fábio Esteves.

Das associações que compõem a Frentas, estavam presentes os presidentes da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti; da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Norma Angélica Cavalcanti; da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), Ângelo Fabiano Farias da Costa; da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), Elísio Teixeira; da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso; da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Guilherme Feliciano; da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), Antonio Pereira Duarte; além de Paulo Penteado, 1º secretário da Associação Paulista do Ministério Público (APMP), e representantes das diversas entidades.