Presidente do TJES instala o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania na Comarca de São Mateus

Typography

O Presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), Desembargador Sérgio Luiz Teixeira Gama, e a Juíza Diretora do Foro de São Mateus, Aline Moreira Souza Tinôco, acompanhados do Presidente do Fórum Permanente de Juízes de Família do TJES (Forfam), o Juiz de Direito Fábio Gama, instalaram nesta terça-feira, 13/3, na Comarca de São Mateus, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, o 10º CEJUSC do Estado.

A solenidade prestigiada por magistrados do norte do Estado, promotores de Justiça, advogados, autoridades e a imprensa de São Mateus, teve como destaque a paz e a harmonia social que o Poder Judiciário promove quando alcança sucesso em suas mediações. O CEJUSC é uma instância para dar solução a um conflito, até mesmo antes que ele se torne ação na Justiça.

“Fui Supervisor dos Juizados Especiais por nove anos, foi uma experiência gratificante, pois aprendi muito sobre os Juizados. Mas o tempo passou e hoje inauguramos uma nova etapa dos Juizados, que é a mediação”, destacou o Presidente, que prosseguiu: “Precisamos ver quem está por trás desses processos que vão para a mediação, pois buscamos a paz social e a harmonia quando mediamos”. O Desembargador Sérgio Luiz Teixeira Gama ainda elogiou o trabalho da Juíza Aline Tinôco, que se empenhou para a instalação do CEJUSC e a realização da solenidade.

A Juíza Diretora do Foro falou que era um momento muito importante para a Comarca e fez questão de agradecer aos servidores do Fórum de São Mateus que abraçaram esse projeto, foram a Vitória para o curso de formação em mediação, foram verdadeiros parceiros, pois se dispuseram a fazer além de suas obrigações. A Juíza ainda agradeceu à Desembargadora Janete Vargas Simões, que não pôde estar presente, mas incentivou a instalação do CEJUSC em São Mateus.

A Dra Aline concluiu, ressaltando uma frase que havia lido “O maior inimigo do nosso sucesso no futuro é o nosso sucesso no passado” (Rick Warren). De acordo com a Juíza, o Poder Judiciário possui muitas práticas exitosas, mas precisamos fazer sempre mais, nos reinventar, e que esse trabalho de mediação seja exitoso, sobretudo na área de família.

O Presidente do Forfam, o Juiz Fábio Gama, falou do problema da morosidade dos processos e do número de ações que são ajuizadas no Poder Judiciário, mas que com o advento do novo CPC, em 2015, a mediação e a conciliação foram colocadas de forma a contornar esse problema. “As partes são responsáveis pelas soluções dos conflitos, cabendo ao mediador amenizar os ânimos”, concluiu Dr Fábio, desejando sucesso à Comarca.

A Vice-presidente da OAB-ES, a Advogada Simone Silveira, em sua fala muito pontual, disse que esses projetos e avanços vêm para mudar o rumo da área de família. “Poder enxergar atrás do processo um homem, uma mulher, gêneros semelhantes, crianças, é um avanço. A solução jurídica, muitas vezes não atende o drama familiar. Olhar a situação com olhos humanos e não com olhos de processos. Por maior que seja o conflito, o drama, com a mediação, as partes podem chegar a um consenso de outra forma. A Ordem está treinando seus advogados, mostrando que há um novo olhar, uma outra possibilidade”, disse a advogada Simone Silveira.

Participaram da solenidade todos os Juízes da Comarca de São Mateus, o Diretor do Fórum de Colatina, Juiz Fernando Lyra Rangel; a Juíza Márcia Rangel, também da Comarca de Colatina, e o Presidente da Associação dos Magistrados, Juiz Ezequiel Turíbio. Representando o Município de São Mateus, compareceu o Secretário Municipal de Administração, Felipe Ferreira; o Presidente da Câmara Municipal, o Vereador Carlos Alberto Gomes Alves. Assim como, o Presidente da 12ª subseção da OAB-ES, o Advogado Patrick de Oliveira Malverdi; e o Coordenador da Defensoria Pública de São Mateus, Bruno Pereira Nascimento.

Encerrando a solenidade, as autoridades presentes foram convidadas a fazer a entrega do Certificado de Conclusão do Curso de Mediador Judicial aos cinco Servidores da Comarca de São Mateus que vão atuar no 10º CEJUSC. São eles: Antonio Alizio Lima de Resende, Cristina da Rocha Verly Luciano, Francisco Aluizo Xavier, Jucelino Magno Quartezani Duarte e Pedro Alexandre Hemerly.